foto_escritorio_high2.jpg
MEMÓRIA DA ADVOCACIA CRIMINAL

A tese de doutoramento do sócio titular do escritório, Antonio Pedro Melchior, defendida pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, investigou a atuação dos juristas envolvidos com a resistência ao autoritarismo no sistema de justiça penal do Estado Novo (1935-1945).


A exposição desta galeria, em memória à atuação da advocacia criminal no país e dos juristas democráticos, corresponde à exigência de manter vivo, não apenas o nome destas pessoas, mas o repertório de atuação em defesa das liberdades públicas.

download.jpg

Antonio Modesto da Silveira

(1927 / 2016)

 

13439079_1837093633177687_56778867212607

Heleno Claudio Fragoso

(1926 / 1985)

 

16730092_1962630983957284_18923561389205

Evaristo de Moraes
(1894 / 1939)